Monumento Natural

Monumento Natural

Área Protegida

As Portas de Ródão são uma formação geológica situada perto de Vila Velha de Ródão resultante da interseção do duro relevo quartzítico da serra das Talhadas com o curso do rio Tejo. Duas paredes escarpadas (alt. 170m) fazendo lembrar duas ‘portas’, uma a norte, no concelho de Vila Velha de Rodão, e outra no de Nisa, provocam impressionante estreitamento no curso do Tejo. O início deste encaixe do rio provocado por erosão remonta há cerca de 2,5 milhões de anos e decorreu em várias etapas espelhadas em terraços fluviais e plataformas embutidas por erosão, visíveis na margem direita a montante deste Monumento Natural.

  • As Portas de Ródão servem de habitat para a maior colónia de grifos do país e nelas se podem observar mais de uma centena de outras espécies da avifauna - cegonha-preta, abutre-preto, águia-de-bonelli... Presença de vários mamíferos - javali, veado, gineta…- e diversos peixes - barbo, boga, carpa...

    No topo da ‘porta norte’ situa-se o pequeno castelo do rei Wamba de onde se vislumbra vasto panorama sobre o vale do Tejo.

  • Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, I.P. (ICNF, I.P.)

  • Rios e pauis

  • Centro

  • Nisa

    Vila Velha de Ródão

          fonte: www.natural.pt 

Monte Filipe Hotel
E.N. 245 , Alentejo 6050-048 Portugal, Alpalhão
T. +351 245 745 044
VeriSign Secured, McAfee Secure, W3C CSS compliant
GuestCentric - Hotel website & booking technology